19 março 2009

acorda o poeta
mais nublado que manhãs curitibanas
nenhum devaneio a registrar
nenhum verso a escrever

4 comentários:

flucka disse...

BUH!

flucka disse...

sai dos meus devaneios e voltei a escrever - rascunhos no blog :)

. disse...

fato.

Indeterminado disse...

nada a registar
em tanto para viver!

Os registos adentro são os mais sinceros.:)

Volto na próxima lua cheia.
*